sábado, 5 de julho de 2014

Túmulo dourado

 Túmulo dourado

Imgs da net 


 Se te disser: não te amo, minto.

Se te disser: estou sempre apaixonada por ti

Não diria a verdade

Ou talvez sim

No mais recôndito de meu ser.

Há momentos em que emigro de mim 
mesma.

Deixo de ser grata

Tanto que já me deste

E continuas a dar…

Quando já não estiver aqui

As rosas perfumarão ainda

O espaço em que nos amámos

As beijei, comovida.

As nuvens continuarão a passar

Histórias mil

Amei decifrar

O Sol. As Estrelas. O mar. Os campos.

 Os rios a correr…

Só a brisa não cobrirá meu rosto de ternura

Meus olhos

Deixarão de sorrir. De brilhar

Dissolvida no tempo

Um túmulo dourado de silêncio

Vai - me acolher.

5 Julho 14… Lucinda Ferreira





2 comentários:

  1. José Rojão Muito lindo LuciLinda
    5/7 às 23:59 · Gosto
    Lucinda Ferreira Ferreira

    ResponderEliminar

  2. Adriana Teixeira
    16:47 (há 5 horas)

    para mim
    Gosto muito lindo A.

    Enviado do meu iPad

    ResponderEliminar