segunda-feira, 5 de outubro de 2009

Amor, em Sol maior!


Muito antes de meus Filhos nascerem , eu já os amava tanto , tanto, que nem eu imaginava!


Hoje, estive com meus dois netos.

Um deles, tem agora a idade de meu filho, quando numas férias que ele passava com os meus Pais, o menino de 4 anos e pouco, partiu um bracinho!

Meus vizinhos, telefonaram cuidadosos, e para não me afligirem, disserram que o Pedrito tinha-se magoado num bracito. Que era melhor vir buscá-lo...

Fomos a correr para junto deles.

No caminho, com o bracito partido, caiam -me as lágrimas e uma dor tão grande na alma , que nem posso recordar.

Lembro-me que demos sinal na necessidade de avançar no trânsito, mas a indiferença era imensa.

Depois dessa altura, fiquei muito mais sensível, quando alguém quer passar.
Também gosto muito, quando conduzo e há uma grande fila de alguém que não tem prioridade, deixo sempre passar, parando,..

As pessoas ficam tão felizes ... por tão pouco.


Mas o que eu queria referir ainda, era a preocupação, a delicadeza e o cuidado de meu querido Filho, cheio de dores , que para me consolar, ia dizendo:

-Mãmã , não chores. Já não me dói nada..

Sabendo nós a dor daquela criança, ficávamos muito comovidos...


Cheguei ao hospital e depois do Pedro ter sido assistido no Banco do HUC , disseram-me que só daí a 15 dias , haveria vaga para ser operado.

Isto depois de terem engessado o bracito...

Como eu trabalhava nos Huc, deixaram-me dormir sentada numa cadeira , na enfermaria .

As coisas que se passaram naquela noite, naquele antigo Hopspital , não vos vou contar (...).


Meu coração sabia que eu tinha que fazer algo muito rapido pelo meu querido Filho!

Fui ter com o Senhor Professor Canha, que viu o Pedro e me disse:

- Este Menino tem que ser operado de urgência . Não se preocupe com o dinheiro.


Naquele dia, ás 19h , na Clínica de Santa Filomena, o grande e muito estimado Professor Canha, salvava o braço direito do meu querido Filho.


Quando na Clínica, tinha muita dor e as pessoas vizinhas o visitavam, ele dizia:

-Peçam a Jesus que me tire esta dor.

Não estão a pedir , senão eu não tinha esta dor...


E todos chorávamos ...porque a delicadeza daquela Criança, (delicadeza que ainda hoje se mantém!) nos tocava demais.

Mas de facto, este grande Amor em Sol Maior, é eterno.

Desde que soube que aquele menino começou a existir dentro de mim, ficará pelos séculos dos séculos a aumentar cada vez mais, porque nunca morrerá mais este fogo!

Tudo pelos animais!




Sábado, fiz parte da equipa da querida Anabela e Myriam, ambas responsáveis pela AGIR PELOS OS ANIMAIS, em Coimbra!

Devo dizer que considero positivo o que vivi e observei pelos animais.
Muitas pessoas se dirigiram a nós, par dar comida para os infelizes dos animias abandonados.
Concluimos que a nossa equipa era toda formada só por meninas e senhoras.




Onde estão so homens capazes de assumir pelos mais fracos e desprotegidos, onde se incluem os animais também?


Como reagem os políticos que tanto ambicionam o poder?




(É mais fácil , entrarem nas igrejas (...) a darem uma rosinha, para ver se ganham um voto... Que vergonha...Aconteceu comigo. pessoas que nunca se manifestam pelos mais fracos, por DEUS... usarem a casa de Deus para isto)



Reparei ainda , que todas as jovens que se disponibilizaram a dar a sua tarde de sábado, por uma causa pelos animias, eram todas muito jovens e todas frequentavam o ensino superior.


Duas , a querida Zé , mestrada em Direito, e a Daniela era Designer , tinham já as suas vidas definidas,mas porque amavam os animais, estavam ali para trabalhar!




Portanto, parece que os mais novos ja perceberam que os animais fazem parte do Universo e que tal como o Homem e as Plantas, tÊm o mesmo direito de habitar o Planeta e serem respeitados .




O que de todo nos falta saber, é qual é o candidato à camara de coimbra, que é pela defesa de um canil em Coimbra, que não se limite a apanhar animais para os eliminar, mas que se preocupe em manter pequenas colónias de animais castrados pelos jardins, para manter o equilíbrio ecológico .




A castração e a vigilância até ajuda. Isso será a missão do canil ,que todos sustentamos com os nossos impostos e não apenas elimar animais que ainda por cima tiveram a sorte de serem abandonados e sofrerem...porem-lhes água a ferver para cima, pauladas, fome,,,etc.


Afinal o papel que tem a AGIR PELOS ANIMAIS, é a que queremos para o NOSSO CANIL em coimbra, para que não se tenha só a preocupação de matar, como tem sido até este momento!
Na minha rua , incomodaram-me francamente e a outras pessoas , só porque uma cidadã que não gosta de animais, se lembrou de mandar chamar a gaiola da canil.


Mataram..mataram..mataram e ainda insultou quem assim não sentia.


As gaiolas, no início, apanhavam os animais à sexta feira à tarde, e ficavam assim até segunda às tantas, ao sol, em Agosto, sem água ,nem comida e no final , a morte!
Uma gatinha que estava para ter seus filhos e alguém foi para a salvar da morte, quando chegaram, disseram que tinha os dentes todos partidos e estava rebentada...


Custa ouvir isto, de autoridades da minha cidade, que não escolhemos,para isto!


Triste, porque o canil favorece tais atitudes.


Para não incomodar uma cidadão, acabou por incomodar muitos outros que se doeram e sofreram com a morte de tantos animais que não faziam mal a ninguém: Viviam simplesmente!

Muito obrigada a Suzana Bento, bailarina, Cantora e sobretudo um ser humano maravilhoso!




Obrigada, Suzaninha pelas tuas palavras!
Ainda há a acrescentar alguém mais da Música: o meu Filho, Pedro Guia, que sendo economista de profissão, toca e dinamiza a parte musical ,nos actos litúrgicos de uma Igreja , tem um CONJUNTO MUSICAL, dirige um coral.
A Música faz parte da sua vida com uma força micraculosa !
Ainda conserva os seus amigos do Coro, como o Hugo Mota Tavares e outros, como algo humano, muito importante na sua vida.

AS tuas palavras
são para quem tanto amou esta tarefa que me nasceu no meu coração, a sequência desse mesmo amor, dando flor e fruto tão lindos e tão valiosos!




Para todos esses meninos maravilhosos, que tanto me ajudaram também a crescer e a ser, com alegria, a minha gratidão e saudade.




Que fique para sempre e nunca morra o CORO DOS PEQUENOS grandes CANTORES DE COIMBRA!
Uma palavra de apreço para os actuais responsáveis e coralistas.
Que as vossas carreiras sejam tão brilhantes, como o grande Sol , quando se eleva no horizonte, no seu máximo explendor!


Era para ver-vos todos felizes, que também corria e nem dormia sempre a pensar em novos projectos...e hoje é com grande alegria que sei que amais a Música de verdade, como eu a amo também.


Beijos docinhos.


Estás na Áustria ou em Florença?