domingo, 27 de março de 2011

Filipe la Féria tem cada uma...


Assisti há dias a um espectáculo encenado por Filipe La Féria e até parecia q até ao fim , embora sendo um espectáculo ligeiro, estaria bem concebido e com 2 artistas de que eu gostara : o dueto que interpretava SAMARITANA!


Eis senao quando ..., Santo Antonio, padroeiro de Lisboa, passa num andor , qd se falava do Fado de Lisboa, Santo Antonio atravessa a plateia passa levado por 2 artistas, com o cruxifixo na mão direita e com o Menino colo.. e ate aí tudo bem ,mas Santo Antonio , o padroeiro de Lisboa, uma pessoa tao querida e tao importante historicamente, é apresentado COM CABEÇA DE PORCO! !!!!


Fiquei deveras chocada e gostava de perguntar a Filipe la Feria, se se inspirou no seu o corpo como modelo...


Triste tal representaçao

O espectáculo é sobre fado e passa no casino do Estoril , com 1 preço de bilhete de 15 euros...

Maria Teresa de Noronha - Saudade das Saudades

Náo é só Eddie Mercury q mora no meu coraçao, tambem a doçura , a ternura e o e requebro de M Teresa Noronha me enche de ...gozo e gratidão por esta beleza toda q nos oferecem... Partilho convosco Espero q gostem

Edd Mercury...alguem q recordo com saudade...


Eu adorava esta canção do Eddie MERCURY que até é parecido com alguém q cruzou a minha vida.. mas não estava certa das palavras...


Hoje quando as percebi...na verdade, sei q todos nós... temos um dia um amor mal correspondido do qual temos q nos libertar , mesmo q isso doa muito...ai está!

Aí está porque o meu espirito gostava desta cançao sem eu mesma ter consciencia desta atracçao tao funda!


Ofereço vos , partilhando convosco a minha canção preferida ...

Ainda hoje...luto..pq ...I want to break free..God Knows ...tal como diz Eddie Mercury q infelizmente já nos deixou em 1991 e q tal como eu ...tinha paixão por gatos... ..e q me consola escutar e a quem agradeço a expressao da sua sensibilidade..alias ele era ligado as artes pela sua formaçao universitária e homem de grande sensibilidade.

Nascido em 1946 e partindo em 1991... e q saudades, Eddie!


Obrigada por tudo o q nos deixaste e que toca tao fundo a tanta gente ainda hoje...


Os artistas sao eternos , alis como cada um de nos e como ele gritava tambem numa das suas cançoes: Quero viver para sempre!

E vivemos mesmo !

Queen - I Want To Break Free (Lyrics)

quarta-feira, 9 de março de 2011

outro comentario de uma prestigiada jornalista...





Bom dia D. Lucinda,
Já recebi o texto.

Francamente gostei, até porque é um tema em que muitos de nós nos revemos e que retrata a nossa realidade. claro que nem todos os médicos são assim, felizmente a grande maioria.
beijinhos,
zilda

Assim sente a Graça...


Olá Lucinda

Li sim, está uma blogueira fantástica, continue a sementeira, nunca sabemos em que terra cairá a semente.

Um grande beijinho


Maria da Graça

Outro comentario da Ana , ligada à Saude...


Boa tarde Dra. Lucinda!

Realmente, há coisas que acontecem no nosso sistema de saúde que são inadmissíveis.
Mas, se formos a vêr não é só este sistema, são todos e tudo.

Neste, mundo que está a ser um caus, é dificil de se ter esperança numa vida melhor.

Eu não concordo com muitas coisas que acontecem.
Mas, temos de confiar em Deus e não perder mesmo a esperança que é a única coisa que nos resta.

Eu tento não pensar e não me lembrar dessas coisas tristes. O que é dificíl. Tento pensar que há pessoas que ainda estão pior do que eu, o que também acaba por fazer-me intrisecer.

Quanto ao trabalho nos hospitais e daquilo que conheço, muitas pessoas tentam fazer o melhor que podem e sacrificam-se pelos doentes e pelo amor à camisola. Tentam resolver problemas com o coração e conseguem que muitas pessoas fiquem bem. Mas infelizmente ainda há pessoas que não tem essa sorte e também pessoas que não querem entender nada, que vem sempre com as suas pressas, discutem por tudo e por nada, criam mau ambiente nos serviços....

Isto também é um problema para quem trabalha e que causa também às vezes insussesso por parte dos profissionais.

Tendo esperança e acreditando que existem muitos profissionais que trabalham bem e são conscientes e humanos, faz com quwe o meu coração fiqyue confortável.

É tudo, por agora.
Cumprimentos
Ana

terça-feira, 8 de março de 2011

Obrigada Ana Ferreira pelo comentario










Gostei imenso deste texto porque fala de questões particularmente importantes. Chama a atensão de coisas que são importantes para a nossa boa sobrevivência nesta terra. Ter objectivos na vida já deixou de ser para mim o mais importante, mas, fez-me pensar que talvez tenha que repensar o meu modo de vida.
Na minha situação, já estudei para ter a profissão de que gosto muito. Tenho a minha vida estabilizada, mas a minha situação financeira não dá para grandes estravagâncias como investir o meu dinheiro em divertimentos caros (como viajar muito, ir frequentemente ao cinema e ao teatro, investir na beleza corporal com plásticas e cirurgias e, investir na saúde como fazer o desporto mais desejado...). Se eu podesse, faria isto tudo e muito mais e, pensaria também nos mais desfavorecidos.
Como não posso, tento ocupar o meu tempo a fazer algumas coisas de que gosto e me fazem estar entretida. No fundo parece-me que não é uma vida muito regrada mas, para a minha saúde e bem estar parece-me o suficiente para estar bem. Faço coisas que não obriguem ao investimento muito grande. Mas também tenho consciência que me podia ocupar a fazer outras coisas, para me sentir ainda melhor e mais útil aos outros. Por isso repensar os meus objectivos.

Este texto tem apenas 3 páginas e para mim é o ideal, mais do que isso já começo a dispersar-me e não consigo lêr tudo até ao fim.

Por hoje, é tudo.
Obrigada por também me dar atenção.

Cumprimentos.
Ana