sexta-feira, 17 de julho de 2009

Acerca do que se ouve na Comunicação Social


È verdade que ninguém é uma ilha e que estamos todos ligados, quer queiramos quer não.

Também é verdade que em princípio a comunicação social nos põe em contacto com o mundo...
mas, na verdade a comunicaçaão social não ajuda ninguém a ser feliz!
Por vezes, para haver um poucp de sossego há que fechar toda a torneira de infirmação empolada, negativa e prejuducial. Parece que até têm prazer de estar sempre a denegrir o que já é mau.
E depois nunca mais se calam sempre a repetir o mesmo até nos deixar ben neuróticos e assustados.

Uma vez aminha filha que devia ter uns cinco anitos apenas , fez me esta pergunta:
- Mama , por é que só notícias más e não dizem nunca as coisas boas?
De facto o que não é mau , não é bombástico. Sensacional. Não chama a atenção...será isso?
É necessário muita adrenalina..muita saída do produto apresentado ,mesmo que sejam só notícias.
A crista da onda, as emoções ao rubro, o que afinal só se consegue através do crime, da má língua, da derrota de A..B...C., dos atentados, dos grandes acidentes.
Mal abro o rádio, só ouço falar de doenças, política ou football.
Que pena me dá. Claro que apago logo imediatamente.
Prefiro pegar no livro que fala do que eu preciso para o meu equilíbrio, saúde, para a minha paz e crescimento interior.
Colaboro em jornais e numa rádio, agora aqui em Portugal , porque tqmbém já colaborei no Canadá e na France Inter e outros paises, mas sempre tenho a preocupação de puxar para cima e dar pistas de alegria e bem fazer, as únicas coisas que ajudam a resolver o que está mal no mundo, não é mesmo, meus amigos?
Aquele abraço de sempre