domingo, 28 de junho de 2009

Guardo a alma das minhas flores...

foto de Lucinda ferreira Guardo a alma das minhas flores até que eu viva...
Agradeço-lhes pela Beleza que me oferecem sem nada pedir en troca.
Agradeço-lhes ainda pela lição de efemeridade de tudo o que é belo.
................................................................................................................................................
Hoje , partiu alguém que muito estimava.
A Professora Ioanes Baganha foi morar noutro plano.
Vão para ela a alma das minhas flores em forma de saudade...
Guardo a alma das minhas flores que nunca esqueço.
Agradeço-lhes pela alegria me deram com a sua beleza.
Também me fazem perceber como tudo o que
é belo é bem efémero...
Hoje uma pessoa que muito admirava, uma professora, a Professora Baganha partiu para outro plano.
Recordo-a com saudade . Ofereço-lhe a alma das minhas flores que fixei...
Posted by Picasa

Hoije sáo vai um pequeno poema para marcar presença

Poema

Olho o mais fundo dos teus olhos à minha procura...
Descubro, nudez singular!
Sonhos …
Fantasias por viver…
Tanto para construir. Para amar…

Enlaçados adormecemos
Dentro do teu ser.

Unidade rasgada
No granítico
...empedrado do mundo imenso
Vertiginoso…
Onde nos perdemos
Antes de te conhecer!