domingo, 29 de novembro de 2009

Analisar e não julgar







Julgar é achar-se mais do que os outros!








É considerar que sabemos tudo e que os outros não sabem nada.








É considerar que só nós é que temos a receita dos bons acontecimentos e que as tentivas dos outros são inúteis e descabidas.








Julgar incita à separação.








Vamos ver então agora o que é analisar.








Analiso, quando sinto que algo está correcto ou incorrecto, de acordo com a minha energia.




Tento perceber e ver , se isto é bom para mim próprio.




Tento perceber o que acontece.




Isto é necessário e muito importante, sem estar com medo de que isto é julgar.








Agora quando considero que o outro tinha ou devia fazer isto ou aquilo, de forma diferente e que essa pessoa é isto ou aquilo por não ter feito, isso é julgamento.








Não interessa ir por este caminho!








De qualquer modo , quando somos capazes de afirmar com convicção:








"não concordo contigo, mas vou lutar ao teu lado para defender o direito que tens de fazer isto ou aquilo".








Assim? Sim!