sábado, 22 de agosto de 2009

Viagem ao coração da zona centro


Hoje fiz uma viagem à zona centro interior.

Aquelas montanhas agrestes , montes e vales, montes com arvoredo, outros rapaditos, mas todos encadeados até perder de vista, dão uma impressão que se paira sobre os montes!


Quando regressei , havia um grande incêndio, na serra, que enchia o céu de um fumo negro.

A minha alma chorou e pensei nas plantas , nos animais sacrificados, no susto das pessoas que moram por aqueles montes ao redor daquele local assustador.

Quando era pequenita, morava numa pequena aldeia e então o fogo na montanha , assustava-me muito e tinha medo de dormir...

Perguntava sem cessar:

- Mãe, o fogo chega aqui!

Ela tranquilizava-me carinhosamente, mas eu não conseguia dormir.

Agora penso nos outros que estão por perto destes locais sinistros e assustadores...

Ontem vi na televisão , outro incêndio em Sintra, e via a aflição das pessoas com o fogo junto das suas casas...

Meu Deus, mas a Terra sofre tanto!

Como não há mais amor e mais cuidado com estes fogos?

Será que antigamente havia assim tantos fogos?

Se não havia , qual a razão por que agora há assim estas desgraças?


Havia outra coisa, na aldeia que me fazia sofrer muito.

Era o chiar dos porcos , quando lhe espetavam aquela faca horrrível , de que fugi sempre e não quis ver,mas sabia bem o que faziam ao animal, claro. Horrível !

Ainda hoje , as famílais juntam-se para a festa da matança do porco.
Eu fugiria e nunca estaria numa coisa tão dolorosa. Qual festa!

Que bárbaros somos...



Nota:

Quero pedir a Nenita, que me diga quem é.

Deixou-me um comentário da Néné , nascida em 29 de Julho de 1965.


A 1.ªcoisa, sem querer , apaguei a msg linda que adorei e agradeço e me tinha deixado no blog.

Peço muito que me escreva de novo e me diga quem é pf , pq não sei quem

é.
Meu endereço linmare@edicomail.net