sexta-feira, 4 de junho de 2010

O meu irmão cigano


Ontem aconteceu uma coisa interessante.

Ia na rua Figuieira da Foz e tive que parar no semáforo.

Na fila au lado , estava um carro Mercedes preto, cheio de jovens e de uma senhora com uma criança, sem cadeira , nem cinto...

Isso chamou-me a atençao e até olhei ( lembro-me que nos USA , Costa Leste, em Los Angeles,por exemplo , não se pode olhar para o lado , porque nos arriscamos a levar logo um tiro..! E também é preciso ter sorte para não levar um tirinho, que alguns engraçadinhos disparam das janelas, quando se circula nas estradas... e não estou a exagerar...)

Bom olhei e um jovem que ia ao volante, saudou.me com simpatia.

Retribui com um sorriso.

Entretanto , o jovem pôs uma linda música ...bem alto ... e olhei de novo e sorri. Ele perguntou:

-Gosta? .

-Sim . Gosto . -respondi.

-Então . vou-lhe dar , porque é música cigana que eu toco...

E o menino que ia sentado ao lado do condutor, deu-me um cd..isto tudo enquanto o semáforo não abria.

E lá se perdeu o tal mercedes preto no trânsito que não parava.

E eu fui ao meu destino.

Ao chegar, reparei num casal que le olhou de lado e nem sequer me saudou...

Reparei que era alguém que muito ajudei e que conhecia desde a nossa juventude.

Aliás até já prejudicara bastante uma pessoa da minha família (...)

E sem querer, ocorreu-me este pensamento:

..afinal quem é o meu irmão cigano....?

Pois é ... Quem é o meu irmão cigano?