segunda-feira, 8 de julho de 2013

Frutos

Textos e Pretextos




                             FRUTOS



O termômetro do sucesso é apenas a inveja dos descontentes.
Há poucos homens capazes de prestar homenagem ao sucesso de um amigo, sem qualquer inveja.
O ciúme nunca está isento de certa espécie de inveja, e frequentemente se confundem essas duas paixões.






Num dia normal de um inverno tropical cheio de calor e humidade, um grupo de adolescentes escurinhos “namorava” uma frondosa mangueira carregada de mangas …
 À pedrada. Encavalitados uns nos outros, fazendo cair as  mangas madurinhas , tudo valia.
Para cruzar o passeio onde, durante todo dia, onde a  mangueira crescia, era uma aventura,
Jaziam desventradas . As mangas abertas. Amarelinhas. Esborrachadas. No chão sem dó nem piedade, coitadinhas…
Poucas escapavam à insistente agressividade das pedras atiradas.
Numa corrida, conseguimos passar sem novidade.
Da situação, ressalta uma valiosa lição para além da falta de maneiras e de respeito dos jovens sem educação.
Também na vida, a inveja traduz uma forma malévola de admiração.
Só se atiram pedras a uma árvore carregada de frutos!
Embora dura, é esta a realidade.
Se formos lúcidos e verdadeiros a avaliar a vida, esta é a  verdade.
E será por isso que árvore deixa de florir? De dar frutos?
……………………………………………………………………………………..
È possível que o ditado popular o assalte…
Nunca o invejoso medrou, nem quem à porta dele morou.
No entanto sabe bem, que ninguém senão você mesmo, tem o poder de se magoar.
Além disso não há, nem haverá nunca ninguém igual a si.
Repare: há uma inteligência que o leva a respirar sem pensar nisso. Essa mesma inteligência criou todo o Universo. E o protege com amor de todas as investidas invejosas..
Somos uma expressão da vida com quem se forma uma unidade. Um todo.
Nenhuma pessoa. Nenhum lugar. Nada tem poder sobre si mesmo. Somos nós próprios que criamos a nossa vida. Somos a autoridade em nossa vida!
O amor do seu coração é grande e transbordante.
Se lhe der a ordem de inundar todo o seu corpo, uma luz vivificante o encherá de alegria!
Somos pura consciência. Energia.
Perdoe. Liberte-se de qualquer prisão.
Diante do espelho, olhe-se e diga: eu te amo!
Eu me amo e me aceito.
Faça o melhor que puder, sem o frenesim da perfeição que não existe neste plano.
Aprove todos os seus atos. A aprovação dos outros nada vale, se não nos aprovarmos.
Torne-se o seu melhor amigo. A sua companhia mais agradável. Irradie amor para todos aqueles que cruzar.
Vai sentir que todo o amor retornará a você mesmo multiplicado.
Seja então uma árvore linda, carregada de flores.
 Vista se dos frutos mais gostosos. Brilhantes.
Agradeça a Deus que lhe deu tantos dons.
Seja muito feliz sem medo das invejas…
Ainda lhe digo:
Falta de amigos - A falta de amigos faz pensar em inveja ou presunção. Há pessoas que devem seus amigos à “feliz” circunstância de não ter motivo para a inveja
Não te irrites, por mais que te fizerem...
Estuda, a frio, o coração alheio.
Farás, assim, do mal que eles te querem,
Teu mais amável e sutil recreio...

 linmare7@gmail.com






Sem comentários:

Enviar um comentário