sábado, 27 de julho de 2013

A Casa do Sol



 A CASA DO SOL


Que linda estava  a Casa do Sol.!

È lá que eu gosto de morar

Entram rosas na minha janela

E na varanda, as glicínias

Perfumam  minhas mãos em flor.

Quando cai a noite

Espreito a minha amiga Lua

Ela  beija me de mansinho

Meu rosto moreno…

Numa taça dourada

Oferece me  o Luar

Canta me canções de amor

E até adormecer …ficamos a conversar.

Conto lhe os meus segredos

Sem qualquer receio.

E lá pelo meio

Começo a chorar…

Então devagarinho enxuga me as lágrimas

…Esconde se atrás de uma nuvem

Até eu adormecer

Para eu não sentir

Que ela me viu chorar…

                                                                                                  Lucinda Ferreira

                                                                                                            Coimbra, 26 .7.13 22h





Sem comentários:

Enviar um comentário