sábado, 27 de julho de 2013

Esperança

Esperança ,


Esperança
Veleiro enfunado
Embala no mar da vida
Cume. Subida!
Cordão dourado
Que liga ao Céu
Rompendo o negro véu
Dos dias sem sentido.
Esperança
Talismã invencível. Escondido.
Que trago no coração.
Átomos do meu ser
Que trago sempre comigo!

Lucinda Ferreira…27.7.13 ..20h e 10

2 comentários:

  1. Bom dia! Os seus netinhos estão tão bonitos.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  2. " Rompendo o negro véu dos dias sem sentido "
    Adorei Lucinda . Parabéns pela força da sua " Esperança " .
    Beijo amigo .
    A . Vale

    ResponderEliminar