domingo, 23 de outubro de 2016

A Flor da vida

 A Flor da vida 


img net

Entre penhascos,
Humilde,
Espreita... Escondido
O pampilho…
Fresca aragem
Roça levemente
A corola tenra
A medo espia
O sol nascente.
Cruel pisadela…
Negra ovelha, uma mordidela!
O pastor
A pontinha que resta
Machuca a flor.
Sol da manhã, ténue réstia
Beija-a !
A borboleta com amor
Segreda:
És a minha preferida
Livre,
Solta as pétalas.
Cresce! 
 Trago para ti, o pólen da vida!i


Coimbra, 2016-10-23 …..Lucinda Ferreira




Sem comentários:

Enviar um comentário