sexta-feira, 11 de julho de 2014

Procuro-te...

Procuro –te...


imgs net

Procuro-te…  

Pálido anoitecer

Pássaro do bosque

Sinfonia nos canaviais

Atrevido. Sedutor, Lírio roxo

Trepadeiras beijam a janela

Rumor dos pinhais

Tudo é azul.

Procuro-te …

No veludo do pêssego

Cheiro rosa das amendoeiras

Sabor de uva doirada.

Ternura do olhar de gata

Alegria do cão ao ver-me chegar.

Candura de criança

Suave lembrança ao acordar

Sombra. Árvore.Música. Mesa.Cadeira.Viagem.Livro!

Ler. Pintar. Criar.

Procuro-te...

Carícia da terra.






Como viver sem bem-querer?

 E tudo Amar?!

Beijo-te os pés, Amor Maior

Diluido no cravo.Dália. Jasmim

Alfa. Omega.

Mãos de mãe urdidas de cetim.

10.7.14
Lucinda ferreira


1 comentário:

  1. A versão anterior tinha 2 palavras destacadas...Ao rever este facto e editando, reparei que as letras do texto original estavam grafadas todas igualmente pelo que a minha deficiente informática.ter-me -á levado a isso, o que não era minha intenção. Nas minhas longas conversas com Miguel Torga, houve uma ocasiao que falámos sobre isto..Ele dizia que as palavras gritavam, neste caso. Sei isto há mt tempo, terá sido..um triste descuido.Obrigada pela atençao de quem reparou.

    ResponderEliminar