sexta-feira, 30 de maio de 2014

VOAR...VOAR...VOAR...

VOAR 

imagens net


Sou ave sem ninho

Pássaro no céu

Feliz imenso

Livre e só

Curso sem destino

Descanso nas papoilas

Nos trigais floridos

A noite é berço de embalar

Brinco nos ramos verdes

E quando rompe a madrugada

O sol enche de canções

O meu coração lavado

Perco me no ar

Levada pela alegria

De um novo dia

Ser livre

Poder voar!
C.ª30.5.14
Lucinda Ferreira

 

8 comentários:

  1. Foi um prazer ler o seu poema.
    As fotos são fantásticas.
    Um beijo

    ResponderEliminar
  2. Pessoas que gostam distoFechar

    Amigo chegadoAmigos
    Marisa Shinkawa
    18 amigos em comum

    AmigoAmigos
    Graça Dimas
    6 amigos em comum

    AmigoAmigos
    Maria Teresa Simões
    2 amigos em comum

    AmigoAmigos
    Cristina Maria Rodrigues
    10 amigos em comum

    ResponderEliminar
  3. Graça Dimas Ser livre...poder voar! Lindo!...amiga Lucinda Ferreira Ferreira. Beijinho
    há 4 horas · Gosto
    Lucinda Ferreira Ferreira

    ResponderEliminar
  4. "Voar" - Na economia do poema, os últimos cinco versos são absolutamente dispensáveis.

    ResponderEliminar
  5. "Voar" - Na economia do poema, os últimos cinco versos são absolutamente dispensáveis.

    ResponderEliminar
  6. "Voar" - Na economia do poema, os últimos cinco versos são absolutamente dispensáveis.

    ResponderEliminar
  7. Muitissimo obrigada pelo comentario de Joao Roiz...Hesitei..Numa nova apresentaçao, seguirei o seu conselho Mt obrigada mais uma vez Lucinda

    ResponderEliminar
  8. JA EXISTE A NOVA VERSAO mT OBRIGADA
    pF APAREÇA SEMPRE COM A SUA OPINIAO QUE AGRADECO
    lUCINDA

    ResponderEliminar