segunda-feira, 26 de abril de 2010

Non...je ne regrette rien...


Desde 1982 que faço intercâmbios com grupos franceses e este foi mesmo o primeiro grupo com o qual iniciei este meu trabalho.

Ecole Moderne de Musique de Poitiers, sob a responsabilidade do MAESTRO Pierre Bergerault. Justo assinalar a sua esposa, ela também professora de Música e a grande trabalhadora por de trás de seu Marido , Maestro e Compositor.
.........................................................................................................................-Alias, Coimbra é uma cidade geminada com Poitiers.

O grande êxito, além da execução belíssima da Orquestre, foi a grande canção de Edith Piaff, que o Coral cantou magnificamente.

Todos actualizámos o pensamento de Edith.

"Não lamento nada do que vivi. Nem o mal , nem o bem que me fizeram. Borrifo-me para o passado. A vida começa agora."

De facto cada segundo da nossa existência é sempre um milagre e um recomeço.Ha um provérbio português que diz :

"Águas passadas não movem moinhos..."

Ninguém se banha duas vezes na mesma água...não é mesmo?

Então ,força , vamos recomeçar agora mesmo...aqui e agora , é a vida que saboreamos e agradecemos a Quem no-la concede.

É bom construir pontes através da Arte , da Música , a bela e eterna Arte dos sons que maravilha a nossa alma e a faz cantar, mesmo chorando...

Non...je ne regrette rien... ecoa a maravilhosa e inconfundível voz de Edith Piaff, a menina da rua , humilhada, sofrida que depois dá a mão a tanto artista e os lança em brilhantes carreiras.

Charles Aznavour foi um deles...e tantos outros...

1 comentário:

  1. Pois a vida é para perdoar e avançar crescendo em cada minuto que passa.
    Quem aceita o desafio?
    Mãos à obra .
    Todos temos muitas coisas que doem e custam ,mas se os outros vencem e são capazes, por que razão eu...tu ...você não tenta também? Vamos !

    ResponderEliminar