quarta-feira, 4 de junho de 2014

LEVEZA

Leveza


Corre um rio azul dentro de mim

Chora baixinho

Silêncio rosa das manhãs

Sussurro de beijos

Em segredo

Roço ao de leve

 Canção das folhas

 Verdes de vento

Mágico bailar…

Não acordem as borboletas

Rio meu, desliza lento

Logo a vida passa

E serei cinza

Serei mar…
c.ª4.6.14
Lucinda Ferreira

Sem comentários:

Enviar um comentário