quarta-feira, 21 de maio de 2014

Mordidela de Mulher - Aviso

 MORDIDELA DE MULHER 
imagem  da net

O homem que ela tanto amava

O marido, 

Não a merecia.Mentia.

Enganava - a.

Ela sofria no silêncio do coraçao

A tristeza de ser preterida.Usada.

A violência da traiçao

Um dia matutou.Pensou…

Depois …Esqueceu. Amava-o demais

Só que o arquivo da dor é forte

No fundo do inconsciente

Roça a energia da morte

Um dia no calor da paixão

Cansada de ser ferida

No jogo do prazer, dar e receber

Pregou-lhe uma partida.

Uma profunda. Intensa mordidela!

Sumida a força do querer, do pensamento

Em local visível, uma grande negra

Tornada amarela

Para a outra, ela, a rival perceber

Não ser a única, tratada como “pega”.

Ele até achou graça. Sádico. Gostou da violência.

Só que...o sinal ficou por muito tempo!

 E tudo mudou.

Desarmado. Apeado.A marca era na nádega

Onde ele não a podia ver...

Esvaiu se o domínio. O prazer do galã

Quebrou-se o encanto

Desisitiu a outra cidadã

E à nossa amiga, ele também nunca mais viu

Tudo perde, quem tudo quer,

Sem desculpa, não se apercebeu, o menino

Pense duas vezes ao usar uma autêntica mulher…

 É assim a força da verdade ou do inevitável destino?

C.ª 17 de abril.14
imagem da net

Lucinda Ferreira








1 comentário:

  1. Bela Martins
    21:33 (há 1 hora)

    para mim
    Olá Luci

    O que é pedido é devido eh eh eh

    O que dizer Mordidela de mulher?
    Abençoada mordidela! Esta mulher foi capacitada a morder seu marido, o seu homem de forma a marcar o que era dela. Este não podia negar à outra que não tinha intimidade com a sua mulher (prática comum nos homens quando têm outras mulheres alegando que nunca têm intimidade com as suas esposas).
    Esta situação se me acontecesse, eu teria dificuldade de aceitar e acreditar novamente nesse homem. Mas esta mulher amava intensamente e o amor tudo perdoa. Isto dá que pensar.

    Lucinda continue e vá em frente escreva o que lhe vai na alma.

    Uma Santa noite
    Bj

    ResponderEliminar