segunda-feira, 10 de fevereiro de 2014

Retrato para uma mulher ausente ( Matilde em Paris )

foto da net
Retrato para uma mulher ausente


A casa da Matilde,

Secreto templo de amor

Cheira a rosas

E saudade

Em cada canto...Por todo lado!

Espaço bordado a cor

Arte...Sombras e luz

Canções feitas de silêncio.

 Algo sagrado

Paira no ar…

Das paredes nascem frutos

Apetitosos. Iluminados.

Retratos pintados felizes a cantar.

Companheiros. Amigos. Amantes.

Presos. Encarcerados. Arrumados na estante

De um tempo parado

Até ela chegar.

 Imagem de liberdade

Luz e sinal.

 Harmonia. Cor local.

Tecidos de fina e delicada sensibilidade.

Segredo que só ela conhece…

Impresso na casa que no-lo diz

É assim também em Paris.

Onde está Matilde a beleza se espalha

... Tudo resplandece!
……………………………………….
Pinto este retrato para uma mulher ausente

Apenas um raio de luz…

Quando anoitece…

Um amoroso presente…

Coimbra, 10 de Fevereiro 2014
 Lucinda Ferreira














Sem comentários:

Enviar um comentário