quinta-feira, 22 de novembro de 2012

MUSICA


 MÚSICA


Feitiço?!

Prende me a alma

Obriga-me e voar

A ser toda sua

Sem resistir

Inteira. Só. Nua.

Entra toda em mim

Sortilégio?

Privilégio?

Eu já nem sei

Quanto a amei…

 Beleza suprema

Tenho pena

De mais não ter para dar.

Sem limite. Paixão

Faz-me viver

Razão de Ser

 Música, a ti, toda a gratidão!

Celeste bálsamo

Coração cansado

Perdido. Rendido.

Purificado.

Jardim de paz. Alegria. Luz

Sagrado!

Não sei definir

És tudo em mim.

Só isso me faz

Sentir. Sentir. Só sentir.

Lucinda ferreira

LX, 21.11.12

Sem comentários:

Enviar um comentário