quarta-feira, 18 de abril de 2012

ODE à ALEGRIA

IMG_1430.JPG

OODEDODEODELEGRIA

Alegria,

Tu que hoje vives em cada célula do meu ser

Ressuscita em mim

O tempo perdido

Esquecido.

Enamorada

Seduzida

Faz- me reviver

instantes inolvidáveis

Em que foste senhora do meu todo!

Deste modo

Reinventa em mim

Hoje

Agora

Sempre

Em cada segundo

Esta magia

De ser tua,

Intensa Alegria!

Há miosótis nos meus cabelos

Paira no ar

um perfume doce a jasmim

A Primavera explode de mansinho

música de anjos

Ecoa dentro de mim.

O sol

Brilha nos meus olhos

Cresce no meu sorriso

Faz do meu corpo

Um facho de luz

Um templo só por Ti,

Preenchido .

Mãe Alegria,

Integra

Muda

minha energia

Sê dona de tudo

O que já fui

Sou

Serei ainda,

Alegria Rosa

Mimosa.

Fica a meu lado

Nas noites cálidas

frias

Sem fim…

Traz contigo

Sonhos de luz e cor.

Mágica sensação de ternura inacabada

Única!

Invenção do amor em escala maior.

Solidão querida

Liberdade

Amiga

Descoberta

Novidade

Vida

Alegria, tecido de Luz

Suave brisa para quem se abeira

Bebe!

Fonte Perene

Brota

Verdadeira

Desmedida e infindável

Imparável

Cristalina.

Eterna alegria

Disponível

Para quem a queira.

Segredo?

Ele

Mora em mim

alfa e ómega

Da minha íntima Alegria

Sedutor

Beleza original

Viagem ao país da luz

Ele

Só Ele

O meu maior amor

O doce

O querido

Jesus!

17 Abril 2012

2 comentários:

  1. Há descobertas que mudam as nossas vidas ...
    Só parar e escutar.
    É para todos .
    É sempre agora o momento de começar...recomeçar..

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Felicito-a por tão bonito poema! A alegria é tão precisa!!! Beijinhos grandes

      Eliminar