terça-feira, 10 de abril de 2012

A minha noite nas Caraibas


Noite
Fascínio
Subconsciente
Gruta do meu ser
Escondido
Emergente
Descanso
Milagre de um novo dia
Caraíbas
Luzes
Furando o céu plúmbeo
Nuvens
Arrumam-se
Correm a grande velocidade.
Pego na noite ao colo
Embalo-a docemente
Canto-lhe em silêncio
A noite…
Cai redonda
Macia
Húmida
Quase fria
Atira-se para os meus braços azuis
Aconchega-se
E de mansinho
Adormece dentro e mim…
Caraíbas, Nov. 1999

1 comentário:

  1. Foram 8 meses a viver no Mar e quanta saudade e... imensidão guardo no meu coração...

    ResponderEliminar