quinta-feira, 3 de junho de 2010

A minha gata amarela




A MINHA GATA AMARELA

A minha gata



Tem um jeito especial



De me beijar…



Olha dentro



Dos meus olhos



Até sentir os meus,


Tal como os dela,




Também a brilhar!


A MINHA GATA
OLHA-ME DOCEMENTE.




A uma festa


Solta um romrom doce


Comprido…


Carente.


A minha gata insiste


Resiste.




Por mais


Que lhe feche a porta…


Vem de mansinho


Devagarinho…


Quer ficar comigo


Ao meu lado


Com carinho


Deitada…


A minha gata


É quase pessoa.


É tão meiga


Tão boa


Dedicada.


Não sei passar sem ela…


Quando estou longe


Sinto saudades…


É tão linda


Tão doce


Verdadeira,


Companheira.


Sei que pensa em mim.


Como eu penso nela.




É assim...




A minha gata amarela!







Coimbra, 2 de Junho 2010
Lucinda Ferreira









1 comentário:

  1. E eu concordo plenamente com o que aqui escreveu!!! São uns queridos os animais, dão-nos tudo sem pedir nada em troca! (só um pouco de comidita e água) rrrrrssss
    Beijinhos linda.

    ResponderEliminar