sexta-feira, 12 de fevereiro de 2010

A precaridade da vida

Nota Nota:
Esta foto tirei-a em S Pedro do Sul . Era 1 cameleira que deixava cair as suas flores, atapetando o chão. Reparei q embora lá abandonada, aquela cameleira era diferente de todas as que já vira antes. Ofereço pra vós esta foto , amigos!

"Monges budistas compartilhando a arte e o ensinamento ao desapego.
Trabalho belíssimo, e que lição!

( A imagem de budistas fazendo uma belissima construção com sal colorido
Lindissimo!
Logo de sequida, destroem tudo...)

É um trabalho impressionante dos monges budistas que fazem as mandalas de sal colorido.
Feitas com o maior cuidado e com a maior dedicação, elas são desmanchadas logo depois de prontas
para demonstrar a transitoriedade das coisas na vida, mesmo que elas exijam o maior esforço.
Assim é que nós devemos encarar o dia-a-dia.

E sempre prontos para começar tudo de novo, se preciso for.

PANTA REI é uma expressão do pensador Heráclito,


que significa TUDO MUDA (tudo flui, nada persiste)


e ele usava como metáfora filosófica a idéia de pisar num rio ,
que um milésimo de segundo depois de pisado,
já não era mais feito da mesma água.
Portanto, o trabalho dos monges fica como lição:
perca o referencial de vez em quando.

Saia de sua zona de conforto. Dê oportunidade ao imprevisível.
Nada é mais certo do que a incerteza.
As coisas têm o valor que nós damos a elas...

A Saúde - A nossa maior dádiva!

A Oração - A solução para os dias atuais com a Terra em transição!


A PAZ - Busque-a na sua Energia Vital, no interior do seu ser!


O Amor - O elo, a razão e o entendimento para tudo!


O Perdão - A ascensão espiritual!

O Trabalho - É o nosso estímulo!


A Humildade - É a sabedoria!


O Orgulho - é a maior DOENÇA da ALMA! "







----- Finalizar mensagem encaminhada -----
________________________________________
Quer navegar na Internet sem medo? Instale grátis o Internet Explorer 8.
________________________________________
Faça compras on-line com mais segurança. Instale grátis o Internet Explorer 8.

Sem comentários:

Enviar um comentário