segunda-feira, 15 de fevereiro de 2010

Frio em Portugal

Nota:
Esta imagem colhi-a no porto de Nápoles.
Ao fundo, vê-se uma mancha, uma montanha. É a ilha de Capri








Hoje pus me a pensar, como é importante o frio!
Ele mata micróbios . Faz as roseiras e outras plantas enraizarem pelo calor da terra mãe que marca a diferença entre o ventre da Terra e o exterior.


Por outro lado, o frio faz-nos pensar como é bom o calor.


A dualidade do mundo que nos rodeia é permanente.


E agradeço pelo que temos de bom, muito bom, neste cantinho da Europa.


Agradeço também pelo que parece de menos bom, que tem sempre algo de positivo, se reflectirmos mais profundamente.


De resto também temos que perceber, que somos todos um pouco responsáveis por estas diferenças de temperatura difíceis de suportar, já que a poluição provoca este desiquilíbrio aos mais diferentes níveis...


Ainda é tempo de hoje mesmo fazer algo para travar esta situação. Gastar menos sacos plásticos, ir de metro, a pé , ou de autocarro em vez de usar o carro...


E cada um de nós sabe com certeza, n..razões do aumento da poluição, pois a coisa é muito séria e a herança que se deixa aos Filhos e vindouros, não será a melhor , assim sendo.

1 comentário:

  1. Coimbra é uma cidade de temperaturas extremas.
    Dista 40 km do mar, mas será que a meseta hibérica também condiciona o seu clima?
    Talvez

    ResponderEliminar