quinta-feira, 3 de dezembro de 2009

"Mecanismos da alegria"




Mecanismo da alegria”




Hoje, o Príncipe
Veio ver-me…
Vinha vestido de luz.
Todo o seu ser
Resplandecia
A sua essência emergia
Pura. Nua .
Sem porquê.
Oferecia-se-me
Em taça dourada
Simples
Perfumada.
Os olhos brilhavam
Húmidos
Profundos
Como aquele mar
Que trago escondido
No fundo do peito
Aquele amor perfeito
Que não tem princípio nem fim.
Cativo.
Anónimo. Simples.Antigo.
Assim…
3.12.09

1 comentário: