sábado, 24 de outubro de 2009

Poema para minha Mãe


Quando eu nasci


O céu abriu em flor …
Vestiu de perfumes
O coração de uma mulher …
Sorri.
O sol brilhou no seu olhar!
Nos meus passos vacilantes
Semeou dia após dia
Carinho e vigor
Canções virginais
…poemas d’ amor...

Sonhou para mim estrelas
Poentes de fogo…
Auroras cristalinas.
Mar imenso!
Princesa…
Deu-me luz e saber
Mãe, bem hajas!
Ainda hoje
Passo esta chama
Aprendo a viver!

2 comentários:

  1. Todas as Mães são únicas. ,mas a minha foi tão especial que estou-lhe grata em cada momento da minha vida por tanto amor q me deu.

    ResponderEliminar
  2. Consegui hoje registar-me seguidora do seu blog.Já não é sem tempo!
    Assim é mais fácil a comunicação.
    Quando tiver um bocadinho de tempo, vá dar uma espreitadela pelos meus, está bem?
    Deixo aqui o endereço deles:

    http://ajaneladazi.blogspot.com
    http://quando-o-mar-bate-na-rocha.blogspot.com

    Já agora deixo também a referência ao blog da editora "Areias Vivas" onde publico os meus livros:

    http://areias-vivas-edi.blogspot.com

    Um beijinho e continue sempre a escrever coisas bonitas.
    Zi

    ResponderEliminar